Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Carências

Aos dependentes inscritos no PAC serão disponibilizados os serviços assistenciais prestados pelo IPE Saúde, observados os seguintes períodos de carência, contados do pagamento da primeira mensalidade:

a)       60 (sessenta) dias para consultas e exames simples;

b)       90 (noventa) dias para os procedimentos ambulatoriais;

c)        180 (cento e oitenta) dias para internações clínicas e cirúrgicas, exames e procedimentos de alto custo;

d)       300 (trezentos) dias para assistência relativa a gravidez; e

e)       24 (vinte e quatro) meses para cobertura de doenças ou lesões, congênitas ou preexistentes.

Não haverá cumprimento de carências para as coberturas assistenciais:

I – aos dependentes do PAC, se inscritos em até 30 (trinta) dias, da data da perda da condição de dependentes;

II – ao neto, se inscrito em até 30 (trinta) dias da data do nascimento;

III – ao neto, se inscrito em até 30(trinta) dias, contados do efetivo exercício ou assinatura dos instrumentos contratuais, no caso de novos segurados do IPE Saúde, em virtude de ingresso no serviço público ou através dos contratos previstos no art. 37 da Lei Complementar nº 15.145/2018, caso em que a idade limite de ingresso do usuário é limitada em 18(dezoito) anos de idade incompletos.

 

Importante: os dependentes inscritos nas condições previstas acima terão sua data de inscrição e as respectivas contribuições devidas desde a data da perda da dependência ou do nascimento.

É vedada a antecipação de valores para fins de liberação dos serviços assistenciais para os quais o dependente do PAC ainda esteja sujeito ao cumprimento dos prazos carenciais.

 

IPE Saúde